Segunda-feira, 4 de Setembro de 2006

O Sal da Vida...

...são os momentos k se destacam, no filme k é a nossa Vida e k iremos recordar ao longo desta, sejam eles bons ou maus momentos, sejam alegres ou tristes mas são eles os quadros k revivemos.

No meu dia de ontem tenho a registar dois destes momentos k ficaram para a vida. O primeiro foi o enconto na Costa com  nossa amiga Paula e com a cadelinha mais linda do mundo a Petra, Deixamos o carro no parque, junto à escola de surf e lá fomos esbaforridos pk elas já lá estavam, eu com as minhas sandálias novas, toca de "dar corda aos sapatos" ...pois sandálias novas, claro k as bolhas ñ se fizeram esperar, ainda estavamos em frente ao Barbas e já tinha 2 bolhonas nos meus pobres pés, contra vontade minha o Vasco parou em todos os vendedores do paredão da Costa mas todos os chinelos eram horrorosos e eu fiz birra k ñ keria nem uns, mas o Vasco ñ desistiu e lá encontramos uns bonitinhos de meter o dedo. Ainda bem k os compramos pois o ponto de encontro, k geralmente é no BARbAS, tinha passado para o D. Praia,longe...longe...longe, nem sabiamos  k depois do Pirata do Cuica havia mais bares/restaurantes, bem lá cheguei cheia de bolhonas  no peito e na cola do pé. Mas a companhia delas compensou todo...

O outro momento a destacar no dia de ontem, foi a nossa ida a FÁTIMA ...Assistimos a algo k nunca nos passou k pudesse ocorrer num local  onde se busca a cura, a paz e onde se vai agradecer as graças recebidas...Então estavamos nós a sair do carro quando ouvimos falarem muito alto, inicialmente julgamos k eram pessoas amigas k se tivessem encontrado, pois eram as pessoas do carro k vinha à nossa frente, e k tinha tido a sorte de estacionar à sombra das árvores e estavam a falar alto, bem quando já estavamos a atravessar a rua é k vimos k era uma briga, mas uma briga feia, com armas brancas e tudo... e tudo por causa do estacionamento à sombra, num dia de muito calor, o sangue k já devia ser quente, deve ter começado a ferver e a coisa aqueceu. Ao k parece o carro k entrou no parque à nossa frente, onde ia o condutor de sangue muito quente, estacionou num lugar onde estava uma senhora em pé a guardar o lugar para o marido k tinha ido buscar o carro k estava ao sol, parece k estavam lá desde manha, o gajo de sangue quente parece k ia estacionando mesmo em cima da senhora... chega o marido para estacionar e está a mulher e o outro em agressões verbais, salta o marido para a confussão e salta para fora uma arma branca, k o gajo de sangue quente tinha no carro, era tipo uma bengala mas tinha uma lâmina na ponta, e ameaça o marido da outra dizendo k lhe põe as "tripas de fora" depois, houve choros da senhora um senhor k apareceu fartou-se de repetir k aquele local ñ era destas coisas, k estavam no SANTUÁRIO, mas eles lá continuavam com a sua briga, e nós a ver, nós e outras pessoas, eu ñ arredei pé enquanto a coisa ñ terminou, o Vasco queria ir embora mas eu ñ ia perder pitada,o senhor k tentava aclamar a briga ainda foi chamado de cínico pelo homem do sangue quente, as pessoas foram se chegando para o pé de nó,  comentando sobre o assunto pondo-se à minha frente, tirando-me visibilidade e fazendo-me perder os acontecimentos, ouvi alguém dizer k já tinham chamado a policia,mas esta nunca apareceu, o sr. k tinha sido apelidado de cínico já ñ estava, pelo menos ñ o ouvi mais a pedir para terem calma e respeitarem o local. Surgui ñ sei de onde o filho ou genro do casal, esse ao contárario dos outos era alto e bem forte, e aposto k o gajo do sangue quente quando o viu deve ter-se arrependido de, em vez de estar a insultar o casal e a picá-los para se irem a ele, ñ se ter ido embora, mas ainda assim para se mostar forte disse k a mãe e o pai do rapaz eram uns filhos da p*** bem foi preciso a familia toda agarrar o rapaz  é k o outro já tinha a lâmina pronta, depois as coisa acalmaram e foram-se todos embora, e nós também fomos à nossa vidinha, ao terço na Capelinha das Aparições, pôr as velas pelas intenções da familia, dos amigos e suas familias e encher os garrafões de água, lá viemos nós para casa ter com a coisa mais linda a nossa Sissi.

 

publicado por saoloira às 14:40
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. LICOR DE VINHO

. ARROZ DE LAPAS

. OVOS VERDES II

. OVOS VERDES

. STROGONOFF

. PATÉ NO PÃO

. Bom 2015

. 2 DOS MEUS AMORES

. ANÍS CASEIRO

. DOCE DE MIRTILO

.arquivos

. Outubro 2016

. Janeiro 2016

. Maio 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Setembro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds