Domingo, 7 de Junho de 2009

ATIRA A 1ª FLOR

 

 

 

Quando tudo for pedra... atira a primeira flor.
Quando tudo parecer caminhar errado, que sejas tu a tentar o primeiro passo certo.
Se tudo parecer escuro, se nada puder ser visto, acende tu a primeira luz.
Traz para a treva, tu, primeiro a pequena lâmpada.
Quando todos estiverem chorando, tenta dar o primeiro sorriso.
Talvez não na forma de lábios sorridentes, mas na de um coração que compreenda, de braços que confortem.
Se a vida inteira for um imenso não, não pares na busca do primeiro sim, ao qual tudo de positivo deverá seguir-se.
Quando ninguém souber coisa alguma e tu souberes um pouquinho,  sê tu o primeiro a ensinar.
Começando por aprenderes tu mesmo, corrigindo-te a ti mesmo.
Quando alguém estiver angustiado, procurando nem sabendo o quê, consulta bem o que se passa.
Talvez seja em busca de ti mesmo que este teu irmão esteja.
Daí, portanto, deves ser o primeiro a aparecer, o primeiro a mostrar que podes ser o único e mais sério ainda, talvez o último.
Quando a terra estiver seca que a tua mão seja a primeira a regá-la.
Quando a flor se sufocar na urze e no espinho, que a tua mão seja a primeira a separar o joio, a arrancar a praga, a afagar a pétala, a acariciar a flor.
Se a porta estiver fechada, que de ti venha a primeira chave.
Se o vento soprar frio, que o calor da tua lareira, seja a primeira proteção e primeiro abrigo.
Se o pão for apenas massa e não estiver cozido, que sejas tu o primeiro forno para transformá-lo em alimento.
Não atires a primeira pedra em quem erra.
De acusadores o mundo está cheio.
Nem por outro lado, aplaudas o erro, dentro em pouco a ovação será ensurdecedora.
Oferece tua mão primeiro para levantar quem caiu.
Tua atenção primeiro para aquele que foi esquecido.
Que sejas o primeiro para aquele que não tem ninguém.
Quando tudo for espinho atira a primeira flor, sê o primeiro a mostrar que há caminho de volta.
Compreendendo que o perdão regenera, que a compreensão edifica, que o auxilio possibilita, que o entendimento reconstrói.
Atira tu, quando tudo for pedra, a primeira e decisiva flor...

publicado por saoloira às 22:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 6 de Junho de 2009

...

publicado por saoloira às 23:39
link do post | comentar | favorito

...

publicado por saoloira às 23:29
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Junho de 2009

RISCOS

Rir é correr o risco de parecer tolo .

Chorar é correr o risco de parecer sentimental.

Estender a mão é correr o risco de se envolver.

Expor seus sentimentos é correr o risco de mostrar seu verdadeiro eu.

Defender seus sonhos e idéias diante da multidão é correr o risco de perder as pessoas

Amar é correr o risco de não ser correspondido.

Viver é correr o risco de morrer.

Confiar é correr o risco de se decepcionar.

Tentar é correr o risco de fracassar.

Mas devemos correr os riscos, porque o maior perigo é não arriscar nada.

Há  pessoas que não correm nenhum risco, não fazem nada, não têm nada e não são nada.

Elas podem até evitar sofrimentos e desilusões, mas  não conseguem nada, não sentem nada, não mudam, não crescem, não amam, não vivem .

Acorrentadas por suas atitudes, elas viram escravas, privam-se de sua liberdade.

Somente a pessoa que corre riscos é livre !

publicado por saoloira às 23:24
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Junho de 2009

DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

 

 

  • É um dia em que se pensa nas centenas de crianças que continuam a sofrer de maus tratos, doenças, fome e discriminações (discriminação significa ser-se posto de lado por ser diferente).

     

     

  • Sabias que o primeiro Dia Mundial da Criança foi em 1950?

     

     

  • Tudo começou logo depois da 2ª Guerra Mundial, em 1945.
    Muitos países da Europa, do Médio Oriente e a China entraram em crise, ou seja, não tinham boas condições de vida.

     

     

  • As crianças desses países viviam muito mal porque não havia comida e os pais estavam mais preocupados em voltar à sua vida normal do que com a educação dos filhos. Alguns nem pais tinham!

  •  Como não tinham dinheiro, muitos pais tiravam os filhos da escola e punham-nos a trabalhar, às vezes durante muitas horas e a fazer coisas muito duras.

  • Sabias que mais de metade das crianças da Europa não sabia ler nem escrever? E também viviam em péssimas condições para a sua saúde.

  • Em 1946, um grupo de países da ONU (Organização das Nações Unidas) começou a tentar resolver o problema. Foi assim que nasceu a UNICEF.


  • Mesmo assim, era difícil trabalhar para as crianças, uma vez que nem todos os países do mundo estavam interessados nos direitos da criança.

  • Foi então que, em 1950, a Federação Democrática Internacional das Mulheres propôs às Nações Unidas que se criasse um dia dedicado às crianças de todo o mundo.

  •  Este dia foi comemorado pela primeira vez logo a 1 de Junho desse ano!

  • Com a criação deste dia, os estados-membros das Nações Unidas, reconheceram às crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social o direito a:
    - afecto, amor e compreensão;
    - alimentação adequada;
    - cuidados médicos;
    - educação gratuita;
    - protecção contra todas as formas de exploração;
    - crescer num clima de Paz e Fraternidade universais.

  • Sabias que só nove anos depois, em 1959, é que estes direitos das crianças passaram para o papel?

  • A 20 de Novembro desse ano, várias dezenas de países que fazem parte da ONU aprovaram a "Declaração dos Direitos da Criança".
    Trata-se de uma lista de 10 princípios que, se forem cumpridos em todo o lado, podem fazer com que todas crianças do mundo tenham uma vida digna e feliz.

  • Claro que os Dia Mundial da Criança foi muito importante para os direitos das crianças, mas mesmo assim nem sempre são cumpridos.

     

     

  • Então, quando a "Declaração" fez 30 anos, em 1989, a ONU também aprovou a "Convenção sobre os Direitos da Criança", que é um documento muito completo (e comprido) com um conjunto de leis para protecção dos mais pequenos (tem 54 artigos!).

     

     

  • Esta declaração é tão importante que em 1990 se tornou lei internacional!
     

     

  • publicado por saoloira às 03:25
    link do post | comentar | favorito

    .mais sobre mim

    .pesquisar

     

    .Outubro 2016

    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab
    1
    2
    3
    4
    5
    6
    7
    8
    9
    10
    11
    12
    13
    14
    15
    16
    17
    18
    20
    21
    22
    23
    24
    25
    26
    27
    28
    29
    30
    31

    .posts recentes

    . LICOR DE VINHO

    . ARROZ DE LAPAS

    . OVOS VERDES II

    . OVOS VERDES

    . STROGONOFF

    . PATÉ NO PÃO

    . Bom 2015

    . 2 DOS MEUS AMORES

    . ANÍS CASEIRO

    . DOCE DE MIRTILO

    .arquivos

    . Outubro 2016

    . Janeiro 2016

    . Maio 2015

    . Abril 2015

    . Fevereiro 2015

    . Janeiro 2015

    . Dezembro 2014

    . Setembro 2014

    . Julho 2014

    . Junho 2014

    . Maio 2014

    . Setembro 2013

    . Janeiro 2013

    . Dezembro 2012

    . Novembro 2012

    . Agosto 2012

    . Julho 2012

    . Fevereiro 2012

    . Janeiro 2012

    . Dezembro 2011

    . Novembro 2011

    . Agosto 2011

    . Julho 2011

    . Março 2011

    . Novembro 2010

    . Setembro 2010

    . Agosto 2010

    . Julho 2010

    . Junho 2010

    . Maio 2010

    . Abril 2010

    . Março 2010

    . Fevereiro 2010

    . Janeiro 2010

    . Dezembro 2009

    . Novembro 2009

    . Outubro 2009

    . Setembro 2009

    . Agosto 2009

    . Julho 2009

    . Junho 2009

    . Maio 2009

    . Abril 2009

    . Março 2009

    . Fevereiro 2009

    . Janeiro 2009

    . Dezembro 2008

    . Novembro 2008

    . Outubro 2008

    . Setembro 2008

    . Agosto 2008

    . Julho 2008

    . Junho 2008

    . Maio 2008

    . Abril 2008

    . Março 2008

    . Fevereiro 2008

    . Janeiro 2008

    . Dezembro 2007

    . Novembro 2007

    . Outubro 2007

    . Setembro 2007

    . Agosto 2007

    . Julho 2007

    . Junho 2007

    . Maio 2007

    . Abril 2007

    . Março 2007

    . Fevereiro 2007

    . Janeiro 2007

    . Dezembro 2006

    . Novembro 2006

    . Outubro 2006

    . Setembro 2006

    blogs SAPO

    .subscrever feeds