Segunda-feira, 18 de Junho de 2007

Açores

Quando o arquipélago foi descoberto, as ilhas eram desertas,  foram baptizadas de acordo com o calendário litúrgico da época, ficando com o nome do santo do dia da sua descoberta.

No testamento do Infante D. Henrique, de 1460, estão como foram baptizadas : Santa Maria, S. Miguel, Ilha de Jesus Cristo, Graciosa, S. Luís, S. Dinis, S. Jorge, Santa Iria e S. Tomás.

Alguns historiadores dizem-nos que Santa Maria e S. Miguel devem os seus nomes, respectivamente, à devoção do Infante D. Henrique e do Infante D. Pedro por esses santos. 

Algumas ilhas mantiveram os nomes originais. Outras mudaram de nome através dos tempos:

 A ilha de Jesus Cristo passa a Terceira ,por ter sido a terceira a ser encontrada

 lha de S. Dinis passa a Faial,

 A ilha de S. Luís fica conhecida por Pico, devido as suas muitas rochas vulcânicas  

Santa Iria passa ser  as Flores 

S. Tomás passa a Corvo.

 

As ilhas tb são representadas por cores, cada ilha tem a sua, que a identifica tal como o seu nome, cores estas atribuídas de acordo com a característica mais marcante que possua. Assim: 

Santa Maria - Ilha Amarela, pelas giestas que nela abundam
S. Miguel - Ilha Verde, pelas pastagens  e matas
Terceira - Ilha Lilás pelos lilases, que a população transforma em bonitas e perfumadas latadas
Graciosa - Ilha Branca, aos topónimos Pedras Brancas, Serra Branca e Barro Branco.
S. Jorge -Ilha Vermelha, pela flor do café
Pico - Ilha Preta, pelas rocha vulcânicas
Faial - Ilha Azul, pelas de hortênsias azuis
Flores - Ilha Rosa, pelas azáleas
Corvo - Ilha Castanha, devido as vacas corvinas
publicado por saoloira às 16:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 17 de Junho de 2007

Mais um anito

 

 

"Quando a velhice chegar, aceita-a, ama-a . Ela é abundante em prazeres se souberes amá-la. Os anos que vão gradualmente declinando estão entre os mais doces da vida de um homem. Mesmo quando tenhas alcançado o limite extremo dos anos, estes ainda reservam prazeres."

Séneca

 

publicado por saoloira às 00:05
link do post | comentar | favorito
Sábado, 16 de Junho de 2007

Hoje é dia de festa, a São é BéBe

 

 

Muitos Parabens, que este dia se repita por muitos longos anos com muita paz, amor , saude com os que te são mais queridos, quer estejam perto ou longe de ti. Bebe amo-te muito, bjs.

 

Estas flores são para alegrar o teu dia

 

 

com muito amor bjs. Vasco.

publicado por saoloira às 15:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 15 de Junho de 2007

Por umas,... pagam as outras...

... é por parvinhas assim, que as mulheres, na generalidade, são conotadas de más condutoras

publicado por saoloira às 16:24
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

Broinhas de frutos

Andei anos a tentar que arranjar esta receita, finalmente, fora de época consegui , vai já para aqui, antes que a guarde muito bem... e no natal não a encontre...

 

125g de frutos secos (nozes, pinhões, amêndoas...);
125g de frutos passados ( damasco, sultanas, passas...)
10g de fermento de padeiro;
0,5 dl de leite morno;
3 ovos;
350g de açúcar,
540g de farinha;
1 c (sopa) de canela em pó;
1c (sopa) de erva doce;
1 limão (raspa);
4 c (sopa) de azeite,
1 gema,
Manteiga q.b.;

Preparação:
Pique os frutos secos e corte a fruta passada em pedacinhos. Unte um tabuleiro com manteiga e polvilhe-os com farinha;
Dilua o fermento no leite e junte-lhe os ovos, o açúcar, a farinha, a canela, a erva doce, a raspa de limão e o azeite. Bata bem. Molde as broas e coloque-as no tabuleiro, com algum espaço entre elas. Deixe descansar a massa, durante 10 minutos.
Entretanto, aqueça o forno a 180ºC. Pincele-as com a gema batida com um pouco de leite. Leve ao forno por cerca de 15 minutos e deixe arrefecer. Depois de frias solte-as do tabuleiro e sirva-as.
publicado por saoloira às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Tão santinho...

 

publicado por saoloira às 17:33
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Junho de 2007

Tapa-se o que se pode...e como se pode...

 

publicado por saoloira às 10:49
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. LICOR DE VINHO

. ARROZ DE LAPAS

. OVOS VERDES II

. OVOS VERDES

. STROGONOFF

. PATÉ NO PÃO

. Bom 2015

. 2 DOS MEUS AMORES

. ANÍS CASEIRO

. DOCE DE MIRTILO

.arquivos

. Outubro 2016

. Janeiro 2016

. Maio 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Setembro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Março 2011

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds